Ciência 

Nosso primeiro visitante interestelar está coberto por um “protetor solar orgânico”

Em resumo: Nosso primeiro visitante interestelar, ‘Oumuamua, captou a atenção dos cientistas de todo o mundo. Em um dos últimos estudos, uma equipe descobriu que o objeto possui uma camada natural de proteção contra os raios cósmicos do Sol, e pode estar cobrindo um núcleo gelado. Um visitante misterioso O avistamento recente do asteroide interestelar ‘Oumuamua (formalmente 1I/2017U1) tem intrigado muitos cientistas com perguntas. Em forma de charuto, a misteriosa rocha espacial itinerante é o primeiro visitante interestelar que os cientistas observaram em nosso sistema solar e, embora seja provavelmente…

Leia mais...
Ciência 

Astrônomos se preparam para contato com misterioso objeto interestelar

Em resumo: O estranho objeto celestial chamado ‘Oumuamua será o assunto de uma iniciativa de Breakthrough Listen (avanço na escuta) para ver se está produzindo algum sinal de rádio. Embora o objeto seja provavelmente natural, os astrônomos admitem uma pequena possibilidade de ser de origem extraterrestre. Ouvindo possíveis comunicações Foi recentemente introduzido ao nosso sistema solar, no final de novembro, o primeiro objeto interestelar. O objeto, chamado “Oumuamua (uma palavra havaiana para “mensageiro”), chamou a atenção de astrônomos e entusiastas do espaço que estão tocando na possibilidade de ser uma sonda espacial…

Leia mais...
Ciência Curiosidades 

Como nossa galáxia ganhou o nome de Via Láctea?

Se você olhar para cima em uma noite clara das regiões mais escuras da Terra, você provavelmente vislumbrará uma faixa larga de estrelas, encoberta por nuvens de poeira e gás, arqueando através do céu. O que você está vendo é uma porção da Via Láctea, nossa galáxia doméstica, que mede 100.000 anos-luz de diâmetro. (Um ano-luz é a distância que a luz viaja em um ano – quase 6 trilhões de milhas, ou 9,5 trilhões de quilômetros.) Seu núcleo hospeda um buraco negro supermassivo, um campo gravitacional gigantesco tão forte…

Leia mais...
Ciência Extraterrestre 

Ou as estrelas estão estranhas, ou 234 alienígenas estão tentando nos contactar

Quase todos nós queremos que os alienígenas sejam reais. Sejam eles os Greens, pinks, browns, Greys. Ou talvez os Vulcans, Klingons, até mesmo um ser de pura energia. Qualquer tipo serve. É por isso que sempre que um sinal misterioso ou flutuação de energia chega de algum lugar do cosmos e acerta um dos nossos muitos telescópios, manchetes inundam toda a mídia: “Será que finalmente detectamos um sinal Alien?” ou “Astrônomos descobriram uma Megaestrutura Alienígena”. Mas as pessoas com espírito cientifico sabe que estamos, provavelmente, ficando à frente de nós mesmos. O ceticismo ainda…

Leia mais...
Ciência 

Você sabe qual é o maior objeto no cosmos?

Astrônomos examinavam o espaço e descobriram uma super estrutura com aproximadamente 830 galáxias que está a bilhões de anos luz da Terra, ela foi chamada de BOSS Great Wall, ou A Grande Muralha BOSS. Aqui está o mais recente lembrete de que o espaço é muito, muito grande. Em um local fresco bilhões de anos-luz de distância, um complexo e longínquo super aglomerado de galáxias pode ser a maior estrutura já encontrado no cosmos. Galáxias individuais como a nossa Via Láctea estão unidas pela gravidade em clusters, e esses agrupamentos…

Leia mais...
Controle 

Espionagem alienígena em uma faixa descoberta por astrônomos

Uma pequena faixa foi identificada no céu na qual astrônomos extraterrestres têm boas chances de descobrir a Terra. Nós estamos sozinhos no universo? Para responder essa questão, astrônomos estão usando uma variedade de métodos durante décadas na busca de planetas habitáveis e por sinais de observadores extraterrestres, até agora, sem nenhum sucesso. Talvez a estratégia de busca não tenha sido otimizada até agora, dizem os pesquisadores do Instituto Max Planck para pesquisa do sistema solar em Göttingen e da Universidade McMaster no Canadá. Eles sugeriram que nas buscas futuras devemos…

Leia mais...
ao redor do sol Ciência 

O mistério do assassino de asteroides foi resolvido

Asteroides próximos da Terra geralmente tem uma morte lenta nas profundezas do espaço ao invés de mergulharem no Sol como se pensava anteriormente, sugere um novo estudo. Os pesquisadores estudaram as propriedades de cerca de 9.000 objetos próximos da Terra (NEOs), asteroides e outros organismos que se enquadram a 1,3 de distância Terra-Sol de nosso planeta, para construir um modelo da população total de NEO. Porém, este modelo parecia ter um problema: Ele previu que os astrônomos deveriam estar vendo 10 vezes mais NEOs que se aproximam do sol, cerca…

Leia mais...
Ciência 

As misteriosas ondas de rádio vindas do espaço ganham nova teoria

Em uma recente publicação feita aqui no blog sobre as misteriosas ondas de rádio que vinham do espaço, dentre várias teorias abordadas, a que surpreendeu mais foi a de que poderiam ser mensagens de alienígenas, mas estudos informam que poderia ser outra coisa. Por quase 10 anos astrônomos tentam rastrear a localização destas ondas de rádio misteriosas chamadas de Explosão Rápida de Rádio em inglês Fast Radio Bust (FRBs), elas são maiores que o nosso Sol, carregadas de grande energia, e cruzam o universo em várias direções centenas de vezes…

Leia mais...
explosão de rádio Ciência Extraterrestre 

Ondas de rádio misteriosas podem ser mensagens de alienígenas

Cinco sinais misteriosos vindos de fora da via-láctea podem ter sido enviados por uma civilização alienígena. Ao menos essa é uma das teorias que os astrônomos estão usando para explicar a aparição de uma nova serie de “explosões rápidas de rádio”. Até hoje, apenas 11 destes pulsos estranhos de rádio foram gravados no mundo todo. Os últimos sinais que foram captados pelo rádio telescópio de Parkes na Austrália, incluem uma rajada dupla acompanhada de quatro outras simples. Emily Petroff da Universidade de Swinburne, que ajudou a descobrir os pulsos, sugeriu que…

Leia mais...
Foto do cometa C/2014 Q2 (Lovejoy) Ciência 

Encontrado cometa jogando bebida no espaço

No começo deste ano, astrônomos do Observatório Paris observaram um cometa no nosso sistema solar cuspindo grandes quantidades de álcool etílico, do mesmo tipo encontrado em bebidas alcoólicas, no espaço quando passou perto do Sol. O cometa chamado Lovejoy, cuspiu o equivalente a 500 garrafas de vinho por segundo quando estava mais ativo, de acordo com os pesquisadores. Esse tipo de álcool nunca foi visto antes saindo de um cometa. mas esta não é a única razão para esta importante descoberta, também pode ser usada para incrementar a ideia que os cometas possuem…

Leia mais...
Translate »
%d blogueiros gostam disto: