Ciência 

Pequeno asteroide descoberto orbitando a Terra

asteroide

Um pequeno asteroide foi encontrado circulando a Terra como dois objetos juntos na órbita do Sol.

Cientistas dizem que ele se parece com um asteroide, chamado de 2016 HO3, ele já está lá a cerca de 50 anos e não vai desaparecer tão cedo.

“Nossos cálculos indicam que o 2016 HO3 tem quase a órbita de um satélite estável da Terra por quase um século, e vai continuar a seguir esse padrão como companheiro da Terra nos séculos vindouros”, disse Paul Chodas, gerente do Centro da NASA para o estudo de objetos próximos da Terra.

Os cientistas acreditam que o asteroide tem entre 120 e 300 pés (37 a 91 metros) de diâmetro. Ele foi encontrado em 27 de abril de 2016 pelo telescópio de rastreio de asteroides Pan-STARRS 1 em Haleakala no Havaí.

O asteroide não vai nos atingir, a NASA diz que o mais perto que ele fica é de 9 milhões de milhas (14 milhões de quilômetros) da Terra.

Então, isso significa que a Terra tem outra lua? A NASA diz que porque o asteroide está tão longe, ele não pode ser considerado uma lua natural, ou satélite. Em vez disso, eles estão chamando-o de “quase-satélite.”

“Desde que o 2016 HO3 dá voltas em torno do nosso planeta, mas nunca se aventura muito longe como nós ao redor do sol, nós nos referimos a ele como um quase-satélite da Terra”, disse Chodas em um comunicado de imprensa online.

Nossa lua, a propósito, está a cerca de 239.000 milhas (384.000 quilômetros) da Terra. Seu diâmetro é de cerca de 2.000 milhas (3.219 quilômetros).

Esta não é a primeira vez que a Terra tem como companheiro um asteroide. “Um outro asteroide, o 2003 YN107. Seguiu um padrão orbital semelhante por um tempo mais de 10 anos atrás, mas, partiu da nossa vizinhança. Este novo asteroide está muito mais bloqueado para nós”, disse Chodas.

E alguns cientistas acreditam que poderia haver outras “mini-luas” orbitando a Terra  alguns permanentes e alguns temporários.

Em 2012, os pesquisadores que utilizaram um super computador concluíram “que, em determinado momento deve haver pelo menos um asteroide com um diâmetro de pelo menos um metro orbitando a Terra.”

E poderia haver muitos objetos menores que orbitam a terra também. O programa da NASA Near Earth Object mantém o controle dos objetos que conhecemos. E há uma conta no Twitter, onde você pode acompanhar.

Fonte CNN Internacional

Publicações relacionadas

Obrigado por ler, deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar

%d blogueiros gostam disto: