Os veículos autônomos no futuro serão bem diferentes dos atuais

carro do futuro
Carro do futuro: Imagem Shutterstock(GizmodoAU)

A frota atual dos protótipos de carros autônomos não estão muito longe do design dos carros manuais de hoje, visualmente, a única diferença significativa é o cérebro mecânico dentro do capô. Tudo isso vai mudar nos próximos anos, no entanto, como explica o diretor sênior da Nvidia para pesquisa automóvel Danny Shapiro, tudo, desde os materiais utilizados, a forma como os carros serão atualizados será completamente diferente. Em suma, o carro vai se comportar como um telefone inteligente muito caro.

Na conferência de tecnologia Nvidia GTC que ocorre anualmente no coração do Vale do Silicone, Danny Shapiro explicou que a indústria dos carros automotivos será quase totalmente diferente da indústria atual. Uma vez que a tecnologia atingir o lendário “autonomia nível 4”, que significa automação total onde os carros são completamente independentes dos motoristas, muitos processos de manufatura não serão mais necessários.

Durante uma seção de perguntas e respostas com a Lifehacker na Nvidia GTC deste ano, Shapiro explicou algumas maneiras de como as fabricantes de carros autonomos irão transformar os carros que nós “dirigimos”:

Vocês vão ver um monte de mudanças. Os tipos de materiais utilizados para a fabricação de carros vão ser diferentes. Porque eles não vão falhar, você não precisa ter peças de aço reforçado, bolsas de ar ou mesmo um volante. Nós vamos ser capazes de ter veículos muito mais leves na estrada.

Porque ninguém está dirigindo, você terá assentos que rodam 360° de modo que os passageiros dentro poderão ficar virados um para o outro. Em termos de design, com certeza, tem que ser produzido, mas caso contrário, não precisa se parecer em nada como os carros de hoje. Nós já estamos vendo coisas como rodas esféricas que podem se mover em qualquer direção, desde que seja seguro, não há limite para as coisas selvagens e loucas que podemos fazer.

O mais interessante é que  as pessoas serão capazes de atualizar para um “novo” modelo sem substituir o seu carro atual, graças ao software que alimenta a tecnologia. Como Shapiro explicou:

“Quando você compra um carro hoje, é um veículo de função fixa. Sistemas de condução autônoma vão realmente ficar melhor; haverá mais e mais de desenvolvimento de software para ser colocado dentro do veículo. A expectativa de alguém comprar um carro será que ele vai ser melhorado ao longo do tempo, assim como fazemos com um smartphone ou tablet.

“As fabricantes de automóveis irão mudar a direção dos seus investimentos, eles serão redirecionados para desenvolvimento de software, onde as capacidades do carro que estão disponíveis para o consumidor desde o primeiro dia será atualizado com novas funcionalidades.”

Isso permitirá que desenvolvedores de software como Nvidia estendam sua parceria com os fabricantes de automóveis para a vida útil de um veículo particular; mesmo depois que a produção de tal modelo seja descontinuada.

Ironicamente, poderíamos entrar em um futuro onde os carros autônomos poderão se parecer tão estranhos e espetaculares que eles poderão fazer os motoristas tradicionais baterem mais seus carros “não autônomos”. Quem tem tempo para prestar atenção à estrada quando vierem os veículos futuristas com rodas esféricas zunindo?

E você, como acha que serão os carros do futuro? Dê uma ideia, vale tudo!

Fonte: GizmodoAU

 

4 comentários em “Os veículos autônomos no futuro serão bem diferentes dos atuais

Obrigado por ler, deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar

%d blogueiros gostam disto: