Agência Espacial Federal Russa - lançamento de um fogueteCiência 

O plano maluco da Russia para chegar em Marte em 45 dias

Agência Espacial Federal Russa - lançamento de um foguete
Agência Espacial Federal Russa – lançamento de um foguete

Uma das razões pela qual a exploração espacial é tão excitante é porque existem muitas possibilidades, como levar um foguete para Marte em um tempo recorde usando reações nucleares. Este é o plano estranho que está sendo montado por cientistas russos, eles são um dos primeiros a proporem uma solução para chegarmos na nossa casa no planeta vermelho, depois que conquistarmos ele.

Os programas existentes, incluindo os programados pela NASA para 2030, não levam em consideração o combustível ou recursos para uma viagem de volta, o que significa que os primeiros colonizadores humanos teriam que viver o resto dos seus dias lá. Propostas anteriores também contaram com um tempo de viagem de aproximadamente 18 meses, o que significa que os astronautas estão mais em risco de contrair várias doenças e enfermidades ao longo do caminho.

É atualmente a corporação nacional nuclear Russa, Rosatom, que tem a grande ideia para uma nave espacial movida a energia nuclear, e não é um conceito completamente novo, tanto a Rússia quanto os Estados Unidos estavam trabalhando em sistemas semelhantes durante a Guerra Fria dos anos 1960 em diante, apesar de seus esforços terem se concentrado em satélites orbitais leves em vez de veículos espaciais para nos levar e trazer de Marte.

Um dos maiores inconvenientes será o custo. “A engenhoca nuclear não deve estar muito longe, e não é muito complicada”, Nikolai Sokov, membro sênior do James Martin Centro de Estudos de Não Proliferação, na Califórnia, disse à Wired. “A coisa realmente caro será a concepção de uma nave ao redor dessas coisas.”

Enquanto representantes da Rosatom não terem entrado em detalhes sobre como a tecnologia da empresa vai funcionar, é provável que seja alguma forma de fissão térmica, onde o calor da divisão dos átomos é usado para queimar o hidrogênio ou outro produto químico, fornecendo propulsão para a nave. É semelhante ao princípio de propulsão química, onde um produto químico (o comburente) queima o outro (o propulsor) para alimentar um veículo.

A principal diferença com propulsão química é que você precisa mais e mais combustível, o que torna o seu veículo mais e mais pesado, um problema que a fissão térmica resolveria. Se a equipe russa for bem sucedida em seus objetivos (e isso é um grande e enorme “se”), a pesquisa poderia ajudar a melhorar a tecnologia de satélite em órbita e, talvez, contribuir para a criação de um coletor de lixo espacial nas bordas da atmosfera da Terra.

“Um veículo equipado com um motor nuclear deverá ter 30 vezes a reserva de energia de naves espaciais convencionais”, explica Rosatom. “Os projetos que estamos desenvolvendo permitirão a humanidade construir naves espaciais que podem enfrentar todos os desafios espaciais do século 21, como o transporte de carga, remoção de detritos espaciais, prevenção impacto de um asteroide, etc.”

Detecção e mineração de asteroides – Suprimatec.com

Um protótipo estará pronto para testes de voo em 2018, de acordo com a empresa, se eles conseguirem juntar fundos suficientes. Nick Stockton da Wired informa que a Rosatom orçou apenas 15 bilhões de rublos para o projeto (cerca de US $ 700 milhões), o que ele chama de “levantar a sobrancelha de tão barato para um projeto espacial de 15 anos de duração”. Para efeito de comparação, acrescenta, o sistema de lançamento espacial da NASA está projetado para custar cerca de US $ 10 bilhões.

Nós apenas precisamos esperar para ver o que esses cientistas de foguetes russos tem nas mangas nos próximos anos.

Fonte:Wired via Sciencealert

 

Facebook Comments
Compartilhe!

Publicações relacionadas

4 Thoughts to “O plano maluco da Russia para chegar em Marte em 45 dias”

  1. 45 dias, claro. Por que não pensamos nisso antes?

  2. Claro claro. E eu gasto quase 1 dia pra chegar na minha cidade HAHA

  3. Josiel

    Chamar os russos de malucos é muito fácil. .. o difícil é supera-los! Vide que hj os americanos usam a base russa no casaquistao e quem diria… usam a soyuz para poder chegar ao espaço…

Obrigado por ler, deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar

%d blogueiros gostam disto: