O fim do dinheiro e dos pagamentos com cartões de crédito

Moedas digitais são o uturo
O futuro pertençe às moedas digitais, quem conseguir obter o quanto antes sairá na frente

Em resumo: Novas tecnologias estão nos levando a um advento de bancos móveis, que pode ser o fim do dinheiro e pagamentos com cartões. Essas tecnologias também têm o potencial de se conectar em cadeia de blocos. Isso significa que as moedas digitais podem se tornar a moeda universal do futuro.

Uma Nova Forma de Pagar

Uma variedade de novos métodos de pagamento, colocarão um fim no dinheiro! Processadores e ferramentas bancárias que usam smartphones revolucionará a forma como usamos ele – especialmente para pequenas empresas e países em desenvolvimento. O futurista polonês Piotr Turek afirmou em entrevista a Thomas Frey que “em menos de cinco anos, smartphones, relógios e outros dispositivos substituirão cartões de crédito / débito, carteiras, credores, corretores de ações e agentes de seguros”.

Então, quais tecnologias e empresas estão agindo como um catalisador para uma sociedade sem dinheiro, sem cartões? Sumsung Pay, Apple Pay e Google Pay – para citar alguns. Inúmeros gigantes da tecnologia estão lançando aplicações de pagamentos móveis e bancários que exigem apenas que o usuário tenha um smartphone para pagar por produtos. Start-ups, que incluem B, Starling e Monzo (que levantou £ 1 milhão em 96 segundos em seu crowdfund durante março, 2016) também tiveram sucesso no setor.

Estes empreendimentos estão crescendo mais nos países em desenvolvimento, nos quais a atividade bancária é difícil devido à falta de bancos físicos. Um relatório de 2016 do Global Economic Governance Program descobriu que nove das 10 principais empresas de serviços bancários móveis estavam em África. Mas essas tecnologias e negócios também poderiam ter um grande impacto nas economias do primeiro mundo.

Melhor Negócio

Os pontos de venda móveis estão substituindo a necessidade de caixas registradoras. Exemplos incluem Square e Shopkeep, que reduzem os custos de start-ups para as empresas. Estes podem ser integrados com outros aplicativos para fornecer pequenas empresas com gerenciamento, planejamento de projetos e ferramentas de pagamento, diminuindo consideravelmente o custo e a curva de aprendizado para proprietários de pequenas empresas.

O que você precisa saber sobre o futuro do dinheiro

O uso dessas ferramentas de banco móvel torna o gerenciamento de finanças: mais rápido, porque não há necessidade de passar por bancos e as transferências de dinheiro são muitas vezes instantâneas; Mais fácil, porque as interfaces do aplicativo são projetadas para ser o mais simples possível; E mais seguro, porque não há cartões físicos e dinheiro para roubar, e mesmo se um telefone é roubado, não se pode acessar o dinheiro sem uma senha.

À medida que mais e mais das soluções de pagamentos e bancários móveis se integram às cryptocurrencies de blocos (moedas puramente digitais), a segurança e a velocidade aumentarão ainda mais. A IBM afirmou que 15 por cento dos grandes bancos estarão usando blockchain até o final de 2017, e o fato de que muitos grandes bancos se juntaram recentemente ao bloco R3 dá testemunho dessa previsão. A popularidade do bitcoin se reflete em sua taxa de câmbio cada vez maior. O que aumenta a possibilidade do fim do dinheiro.

Uma consequência interessante em potencial sobre o pagamento que está sendo conduzido sobre a blockchain mais e mais poderia ser uma moeda global universal, como o blockchain é capaz de funcionar usando somente cryptocurrencies (moedas digitais). Como Turek disse na entrevista, “há uma boa chance de que teremos uma moeda global padrão surgem do movimento criptocorrente”.

3 comentários em “O fim do dinheiro e dos pagamentos com cartões de crédito

Obrigado por ler, deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar

%d blogueiros gostam disto: