Tecnologia 

Nova tecnologia Wi-fi transmite energia e internet de um roteador

powifi_1024.jpg

Atualmente estamos rodeados por Wi-Fi em praticamente todos os lugares que vamos, mas estaríamos deixando um grande potencial desta tecnologia de ser explorada?

Sim, de acordo com uma equipe de engenheiros da Universidade de Washington, que desenvolveram um novo sistema chamado Power Over Wi-Fi (PoWiFi), que pode alimentar dispositivos dentro de uma rede sem fio usando a energia inerente de sinais Wi-Fi.

“Pela primeira vez, nós mostramos que você pode usar dispositivos Wi-Fi para ligar os sensores nas câmeras e outros dispositivos,” disse Vamsi Talla, um engenheiro elétrico e principal autor do estudo. “Nós também fizemos um sistema que pode coexistir como um roteador Wi-Fi e uma fonte de energia, e não degradar a qualidade de seus sinais Wi-Fi enquanto está alimentando os dispositivos.”

O sistema, que foi anunciado pela primeira vez pelos pesquisadores no início do ano, está previsto para ser apresentado em um documento final no próximo mês na CoNEXT 2015, uma conferência da Associação de Maquinaria Computacional na Alemanha, com a tecnologia prevista para ter um apelo considerável para qualquer um que gosta de aparelhos eletrônicos e usa Wi-Fi.

Embora a ideia de eletricidade fluindo sem fios através do ar pode parecer mais do que um pouco alarmante, as quantidades mínimas de corrente geradas pelo PoWiFi não oferecer nenhum motivo para preocupação. Eles poderiam, no entanto, ser ideal para atender às necessidades de sensores de baixa potência em pequenos dispositivos como câmeras e rastreadores de fitness, mas não smartphones e mais poderoso equipamento, que exigem mais energia.

No desenvolvimento do PoWiFi, os pesquisadores descobriram que a energia contida nos pico regulares de sinais Wi-Fi  é suficiente para carregar ou fazer funcionar esses tipos de dispositivos de baixa potência, mas devido à forma como os sinais são enviados apenas intermitentemente, o vazamento de energia ocorre, inevitavelmente.

Ao otimizar um roteador para enviar pacotes de energia adicionais nos canais Wi-Fi que não estão atualmente em uso, e integrar sensores para dispositivos de baixa potência tal que eles possam se alimentar dos sinais, a equipe foi capaz de deixar o sinal forte e consistente o suficiente para fornecer energia de forma eficaz.

No teste, os pesquisadores mostraram que PoWiFi distribuiu carga suficiente para executar sem fio uma câmera VGA de baixa potência em uma distância de mais de 5 metros. Ele também recarregou a bateria de um Jawbone Up24 que é um iten de vestir ou wearable rastreador de aptidão, sem carga nenhuma em até 41 por cento em 2,5 horas.

Além de medir as habilidades de carregamento do sistema, os pesquisadores também testaram o impacto de fazer funcionar o PoWiFi como um roteador normal, ou seja, a entrega de acesso à Internet em uma rede local. Foram feitos testes em seis casas, os usuários normalmente não notaram qualquer desempenho mais lento do que o de costume quando carregava as páginas da web ou no streaming de vídeo (o que é bom, porque isso poderia ser um disjuntor).

“No futuro, o PoWiFi poderia alavancar a tecnologia de energia de escala para melhorar ainda mais a eficiência do sistema para permitir a operação em distâncias maiores e de energia para sensores e aplicações mais numerosos”, disse Shyam Gollakota, um co-autor do estudo.

Enquanto as quantidades relativamente escassas de energia entregues pelo PoWiFi significa que não se pode comparar com um cabo de alimentação com fio padrão, refinamentos futuros para esta tecnologia, sem mencionar a mera conveniência de ter todos os seus pequenos dispositivos sem fio em torno de você carregados, poderíamos ver o PoWiFi fazer um pequeno um impacto quando for lançano no mercado consumidor. É isso que estamos esperando!

Fonte: http://www.sciencealert.com/

Publicações relacionadas

2 Thoughts to “Nova tecnologia Wi-fi transmite energia e internet de um roteador”

  1. Se Tesla estivesse vivo pra ver isso…

  2. Bem interessante !

Obrigado por ler, deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar

%d blogueiros gostam disto: