HyperloopSociedade Tecnologia 

O hyperloop é uma opção de viagem em tubos

Hyperloop
Viajar em tubos numa velocidade que supera a propagação do som pode estar mais perto do que imaginamos

O sonho: Enviar as pessoas através de tubos em altas velocidades.

A realidade: Elon Musk praticamente quebrou a internet no ultimo ano ao revelar seu conceito de hyperloop – um tubo elevado carregando pessoas de São Francisco até Los Angeles abaixo de trinta minutos em uma fração do custo dos trilhos de alta velocidade. Em uma viagem normal de carro esse mesmo trajeto levaria 5 horas aproximadamente.

A ideia de Musk é uma de muitas que envolve pessoas viajando em tubos – existem outras como viagens em tubos selados e a vácuo, algumas cruzando o oceano e outras atingindo velocidades de 4 mil milhas por hora.

Isso soa como pura ficção cientifica, mas os futuristas, por incrível que pareça, apostam nessa ideia.

“Atualmente, nós transportamos mais coisas através de tubos do que por qualquer outro modo”, disse Frey do Instituto DaVinci, referindo-se aos gasodutos. “E porque não as pessoas?”

Ele disse que a tecnologia está lá e os custos para construção são bem menores do que qualquer meio rodoviário ou ferroviário.

Mesmo se o Hyperloop for desenvolvido em um conceito viável capaz de economizar uma grana de todo mundo, gerar a vontade política para construí-lo é um problema totalmente diferente. Musk não tem planos de executar ele mesmo a proposta do Hyperloop. Ele está apenas jogando um conceito preliminar e aberto para ver o que as pessoas fazem com ele.

Leia mais a respeito no site Gizmodo. Hyperloop: tudo o que já que sabemos sobre o transporte do futuro

Próximo: Mochilas a jato

Compartilhe!

Publicações relacionadas

Leave a Reply

2 Thoughts to “O hyperloop é uma opção de viagem em tubos”

  1. […] O Hyperloop levantou cerca de US $ 10 milhões até agora e está no processo de tentar levantar mais US $ 80 milhões, disse Lloyd. Esse dinheiro deve permitir a contrução de um circuito de teste de duas milhas para o Hyperloop  na área de Los Angeles para provar suas obras de tecnologia, disse ele. […]

Obrigado por ler, deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar

%d blogueiros gostam disto: