No caso de uma explosão nuclear você sabe quais itens emergenciais precisa?

Notinha antes de lerem a publicação. Fiquem sabendo que a maioria das notícias que são veiculadas na grande mídia são feitas para te assustar. Quando a pessoa está assustada ela faz coisas sem pensar, por exemplo: gasta o dinheiro que não tem, age compulsivamente levada por esse medo. Então fiquem ligados e não acreditem em tudo que está sendo dito na TV. Quer saber mais sobre as coisas que lhe contam? – Vejam, de mente aberta: E se tudo o que foi lhe ensinado fosse uma mentira?

A Coreia do Norte, no dia 4 de julho, lançou seu primeiro míssil balístico intercontinental. Trata-se de um foguete capaz de viajar mais de 5.000 km (3.100 milhas) com uma arma acoplada em cima.

A façanha sugere que o país isolado, que é uma das nove nações que em conjunto exercem mais de 14.900 armas nucleares, podem atacar o Alasca.

No entanto, os EUA enfrentam uma ameaça nuclear muito diferente e mais sombria: uma detonação nuclear iniciada por terroristas, que é um dos 15 cenários de desastres que o governo federal planejou.

“O cenário nacional de planejamento n.° 1 é uma detonação nuclear de 10 quilotons em uma cidade moderna dos EUA”, disse Brooke Buddemeier, físico de saúde e especialista em radiação do Laboratório Nacional Lawrence Livermore, ao Business Insider.

Uma detonação nuclear de 10 quilotons é equivalente a 5.000 atentados de Oklahoma City. Embora nós o chamemos de “baixo rendimento”, é uma grande explosão.

Buddemeier não podia dizer o quão provável poderia ser um ataque desse tipo hoje. Mas a preocupação não é infundada, já que os materiais nucleares de armas têm proliferado nos últimos anos, juntamente com bombas menores de classe de quiloton.

E, embora os governos façam o seu melhor para proteger os materiais de armas nucleares, não há garantia de que um terrorista não tenha conseguido obtê-los.

Caso uma explosão nuclear ocorra perto da sua cidade, e de alguma forma você evitou o seu flash de luz, as ondas de choque e a bola de fogo incendiária, abrigue-se imediatamente e tenha alguns itens úteis em seu kit de emergência.

“Você teria considerado a cidade de Oklahoma como um alvo provável?” ele disse. “Eu acho que vale a pena para todos pensar em preparação para qualquer tipo de evento”.

Buddemeier recomenda que você siga a lista de suprimentos de emergência recomendados pela Ready.gov (listamos no final desta publicação).

“Isso não é apenas para o evento do holocausto nuclear”, disse Buddemeier. “Isto serve também para a preparação geral de emergência e garante que você e sua família possam estar seguros em uma emergência”.

Mas se você estiver sem tempo ou não pode conseguir seu kit, ele recomenda pegar alguns itens básicos enquanto você corre para se proteger em uma cobertura, de uma queda radioativa.

Por que você deve se preparar para se esconder por 24 a 48 horas

Brooke Buddemeier/Lawrence Livermore National Laboratory

Um efeito colateral temível de explosões nucleares é a queda, que é uma mistura complexa de produtos de fissão (ou radioisótopos) criados pela divisão dos átomos.

Muitos desses produtos de fissão se deterioram rapidamente e emitem radiação gama, uma forma de luz invisível, porém altamente energética. Muita exposição a esta radiação em pouco tempo pode danificar as células do corpo e sua capacidade de se consertar, levando a uma condição chamada doença de radiação aguda.

“Também afeta o sistema imunológico e sua capacidade de combater infecções”, disse Buddemeier.

Apenas materiais muito densos e grossos, com muitos pés de sujeira ou polegadas de chumbo, podem parar de forma confiável a radiação gama emitida pela queda. É também uma ameaça, e seria uma tolice tentar fugir dirigindo um carro ou outro veículo.

“A nossa capacidade de saber onde será a queda, e ultrapassá-la, são bem, é muito improvável”, disse ele, porque seria levado por ventos de alta altitude, “muitas vezes sendo levado a 100 milhas [160 km ] por hora.”

Enquanto está correndo para se abrigar da queda nos primeiros minutos após uma explosão, ou migrando para um melhor, você vai querer ter algumas coisas para passar as próximas 24 a 48 horas, quando o risco de exposição radioativa é a maior.

O mínimo que seu kit de emergência deve ter

Se um kit completo de preparação para emergências não está a mão, digamos, em um transporte público ou no trabalho, Buddemeier recomenda tentar agarrar alguns itens, contanto que não atrase sua ida para o abrigo por mais de alguns minutos.

Item número um: “Um rádio”, ele disse, preferencialmente com manivela e com uma porta de carregamento USB, que pode alimentar outros dispositivos. “Se você tem um telefone celular, isso também funcionará”.

Buddemeier disse que prefere um rádio ao invés de um telefone móvel porque “às vezes as torres celulares podem ser afetadas”, seja por cortes de energia, pela demanda esmagadora, ou por um efeito invisível, porém poderoso, de armas nucleares, chamado pulso eletromagnético. (O efeito pode desabilitar a eletrônica, embora uma detonação no limite do solo da EMP para a zona de explosão, você teria problemas muito maiores).

Ele disse que um rádio é importante porque você precisa receber transmissões e instruções de emergência. É uma das maneiras mais simples de descobrir onde ocorreram as piores quedas, quando você pode deixar seu abrigo e onde estão localizadas as rotas mais seguras para sair de uma zona de precipitação.

fator de proteção contra radiação das contruções. Brooke Buddemeier/Lawrence Livermore National Laboratory

Em segundo lugar, Buddemeier diz que você vai precisar de água, o ideal seria um galão (3,8 litros) por pessoa por dia, de acordo com o site Ready.gov. Além de beber, você pode precisar dela para enxaguar qualquer precipitação radioativa depois de remover suas roupas, pois isso pode reduzir drasticamente sua exposição à radiação.

Terceiro, Buddemeier disse: “Provavelmente vou pegar uma barra de cereal ou duas para evitar a fome”. Em quarto lugar, ele diz para pegar quaisquer medicamentos essenciais ou tratamentos que você possa precisar.

Buddemeier diz que existe um risco ao tentar reunir muitas coisas, já que os primeiros minutos e horas depois de uma explosão são quando o risco de exposição radioativa é a maior, especialmente no exterior.

Uma coisa que ele definitivamente não recomenda e enfatiza, imediatamente após uma explosão pílulas de iodeto de potássio, não são muito úteis nas primeiras 48 horas após uma explosão.

“Parece que a maioria das pessoas pensa no iodeto de potássio, ou pílulas KI, como algum tipo de medicamento anti-radiação. Eles não são”, disse Buddemeier. “Eles são para prevenir a absorção de radio-iodo, que é um radionuclídeo de milhares de radionuclídeos que estão por aí”.

“Rádio-iodo é … provavelmente como [0,2 por cento] da exposição geral que você pode enfrentar se estiver ao ar livre”, disse ele, acrescentando que as pílulas são mais úteis para abordar preocupações a longo prazo sobre a contaminação do fornecimento de alimentos.

“O mais importante é se abrigar, e não tentar procurar coisas como [pílulas]KI, porque o ato de tentar encontrar isso, obter aquilo, pode causar-lhe uma exposição muito maior a tudo e oferece pouca proteção em troca”.

Buddemeier diz que espera que ninguém tenha que agir sob seu conselho. Mas se as pessoas pudessem encontrar bons refúgios, ele diz, e serem capazes de receber instruções de transmissão do pessoal de emergência, o golpe de uma catástrofe poderia ser suavizado.

“Talvez não possamos fazer muito sobre as vítimas da explosão, porque onde você estava, é onde você estava, e você realmente não pode mudar isso. Mas as baixas precipitadas são totalmente evitáveis”, disse ele. “Em uma grande cidade … saber o que fazer depois de um evento como este, pode salvar literalmente centenas de milhares de pessoas de doenças ou fatalidades”.

Lista de verificação de fornecimento de emergência mais completa da FEMA

É inteligente ter um plano familiar, bem como alguns kits básicos de emergência para durar vários dias, e depois escondê-los em casa, no trabalho e nos seus veículos.

Mas as listas de suprimentos de emergência abaixo, publicadas pela Agência Federal de Gerenciamento de Emergência dos EUA, não são apenas úteis para fazer isso após uma explosão nuclear, também são boas para tornados, furacões, tempestades de neve, cortes de energia e outras emergências de abrigo.

A FEMA recomenda que cada um dos seus kits tenha estes itens essenciais em uma sacola portátil:

  1. Água, um galão de água por pessoa por dia durante pelo menos três dias, para beber e saneamento
  2. Alimentos, pelo menos, um suprimento de três dias de alimentos não perecíveis
  3. Rádio com bateria ou manivela e um rádio meteorológico NOAA com alerta de tom e pilhas extras para ambos
  4. Lanterna e baterias extras
  5. Kit de primeiros socorros
  6. Apito para sinalizar a ajuda
  7. Máscara de pó, para ajudar a filtrar o ar contaminado e folhas de plástico e fita adesiva para abrigo no local
  8. Toaletes úmidos, sacos de lixo e laços plásticos para saneamento pessoal
  9. Chave ou alicate para desligar utilitários
  10. Abridor de lata de alimentos (se o kit contiver alimentos enlatados)
  11. Mapas locais

Se você tem o espaço, a necessidade e a previsão, a FEMA também recomenda reforçar seus kits básicos com os seguintes itens:

  1. Medicamentos e óculos de prescrição
  2. Fórmula infantil e fraldas
  3. Alimentos para animais de estimação e água extra para o seu animal de estimação
  4. Documentos importantes da família, como cópias de apólices de seguro, identificação e registros da conta bancária em um recipiente a prova de água e portátil
  5. Dinheiro ou cheques de viagem e mudança
  6. Material de referência de emergência, como um livro de primeiros socorros ou informações do www.ready.gov
  7. Saco de dormir ou cobertor quente para cada pessoa. Considere o uso de cama adicional se viver em clima frio.
  8. Complete a mudança de roupa, incluindo uma camisa de manga comprida, calças longas e sapatos resistentes. Considere roupas adicionais se você mora em clima frio.
  9. Enxague de cloro doméstico e conta-gotas de medicamento. Quando diluído nove partes de água para uma parte de alvejante, o branqueador pode ser usado como desinfetante. Ou em uma emergência, você pode usá-lo para tratar a água usando 16 gotas de água sanitária líquida normal por galão de água. Não use perfumado, cor segura ou alvejantes com produtos de limpeza adicionados.
  10. Extintor de incêndio
  11. Fósforos em um recipiente impermeável
  12. Suprimentos femininos e itens de higiene pessoal
  13. Conjuntos de bagunça, copos de papel, pratos e utensílios de plástico, toalhas de papel
  14. Papel e lápis
  15. Livros, jogos, quebra-cabeças ou outras atividades para crianças

Você pode acessar mais informações sobre como se preparar para uma variedade de cenários de emergência na FEMA.

Este artigo foi originalmente publicado pelo Business Insider. Fonte: Science Alert.

Obrigado por ler, deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar

%d blogueiros gostam disto: