Imagens de disco voadoresCuriosidades Extraterrestre 

Ex-engenheiro da NASA desmente praticamente todos os avistamentos de OVNIs

Se você tem olhos curiosos e usa bastante a internet, provavelmente deve ter visto milhares de videos no Youtube sobre avistamentos de OVNIs. Sejam eles de nuvens estranhas que se parecem com naves espaciais, borrões sinistros filmados da Estação Espacial Internacional, ou meteoros invasores, a internet ama uma boa conspiração alienígena.

Mas o ex-engenheiro da NASA James Oberg tomou para si mesmo todos os avistamentos e histórias lá fora e, educadamente, desmascarou-as, usando a ciência.

A conclusão? A maioria dos “avistamentos de OVNIs” são um pouco mais do que “a caspa do espaço”, ou a sua incompreensão do que as viagens espaciais na verdade são, diz Oberg.

Como Cara Giaimo da Atlas Obscura relata, depois de trabalhar no controle da missão da NASA no final dos anos 90, Oberg se tornou um jornalista do espaço e historiador. Não era até alguns anos atrás, até que começou a levar a sério os avistamentos de OVNIs.

Seu objetivo não é simplesmente desanimar todo os que creem verdadeiramente, em vez disso ele está interessado em identificar exatamente o que está acontecendo nestas imagens e vídeos, e tentar descobrir por que as pessoas reagem tão fortemente a eles.

Sua hipótese? Nosso senso humano está tão acostumado a focar em objetos relativamente lentos, bem como certas condições de luz e atmosfera, que, quando as coisas mudam, nossos cérebros se confundem.

“Nosso sistema sensorial funciona absolutamente bem para condições da Terra”, disse Oberg Giaimo. “Mas nós ainda somos uma civilização local. Ir além da nossa vizinhança tem sido visualmente confuso.”

Alguns dos avistamento mais comuns que ele desmascarou têm a ver com os astronautas da NASA supostamente vendo um OVNI e serem forçados a ficarem em silêncio, o que Oberg diz que é o resultado de nós estarmos assistindo muita ficção científica e não realmente entendendo como se parece realmente o espaço.

“Eu ganhei muita experiência com os voos espaciais reais para perceber que o que está sendo visto em muitos vídeos não é nada além do ‘normal’ de fenômenos totalmente corriqueiros que ocorrem em ambientes fora da Terra”, Oberg escreve sobre em seu site.

Aqui estão alguns dos relatórios mais comuns que você pode ter visto na internet, e a explicação de Oberg sobre o que está realmente acontecendo:

Avistamentos de OVNIs na Estação Espacial Internacional

A história real? “Caspa do espaço”, que são coisas que se desprendem dos veículos espaciais durante o voo, como flocos de gelo, lascas de tinta, ou fragmentos de isolamento. Eles são diferentes do lixo espacial, porque eles não representam uma ameaça real para a nave espacial, Oberg explica em seu site.

Esses “flocos de caspa” são bastante comuns, mas o motivo deles parecerem tão estranhos para nós é que não estamos acostumados à maneira como esses objetos se demonstram quando caem, enquanto a estação espacial está viajando pelo espaço.

É a mesma razão pela qual as pessoas vêem tantos OVNIs na imagens filmadas pelas câmeras das antigas missões ao lado do ônibus espacial da NASA.

Nestes vídeos, as pessoas geralmente surtam, porque as manchas parecem estar dançando para dentro e para fora da nossa vista, ou aparecem e desaparecem de repente. O que é bastante assustador se você está sentado no seu computador na Terra, mas não é tão estranho se você está em uma nave espacial viajando a 28.000 km/h (17,500 mph) – nada vai ficar no seu quadro de visão por muito tempo.

E se a sonda está na posição correta em relação ao Sol, ela também pode lançar a sua sombra sobre esses objetos para fazê-los desaparecer e reaparecer, o que é conhecido como “sombreamento crepuscular”.

Aquele estranho clarão no céu da Califórnia a noite

No final do ano passado, as pessoas no sul da Califórnia se apavoraram quando viram uma sessão de luz branca brilhante no céu noturno.

Mas, como foi esclarecido logo após o incidente, foi na verdade o resultado de um teste de mísseis desarmados planejado pela Marinha dos Estados Unidos. Esse trilho de luz com aparência estranha era a nuvem de partículas expelido pelo propulsor do foguete.

Então, por que foi tão assustador para todos? Porque aqui na Terra, nós estamos acostumados a ver aquelas trilhas finas de vapor deixadas por aviões, ou plumas onduladas de fumaça. Mas a maioria de nós raramente (ou nunca) viram nada tão grande e refinado como isto.

“Havia milhares de pessoas que processaram seus estímulos visuais corretamente se a [pluma] estivesse a uma milha de distância ou a 10 milhas de distância [16 km],” disse Oberg Atlas Obscura. “Mas isso ocorreu a 300 milhas [482 km] de distância, no espaço e iluminada pelo sol, coisa que nunca lhes ocorreu, porque isso não é algo dentro da faixa normal da experiência humana.”

Tudo isso não quer dizer que devemos desistir de compartilhar nossos avistamentos de OVNIs, ou supor que tudo é ‘normal’.

“É bom continuar monitorando o espaço com vídeos para verificarmos possíveis anomalias e denunciá-las rapidamente”, disse Oberg ao The Huffington Post em 2013.

“A razão é, há sempre uma possibilidade real de que poderia ser uma anomalia genuína, ou um mau funcionamento de uma nave espacial ou outra ameaça, esperado ou inesperado. No passado, as missões falharam porque um indício do que deveria ter sido visto da janela foi negligenciado.”

Veja a reportagem completa com mais explicações sobre as “aparições” de OVNIs no site  Atlas Obscura com Oberg.

Fonte: ScienceAlert

Publicações relacionadas

2 Thoughts to “Ex-engenheiro da NASA desmente praticamente todos os avistamentos de OVNIs”

  1. Tá, mas a visão dele não passa apenas dos mesmos tipos de apontamentos que também fiz e outros fazem. Eu mesmo tenho filmes e imagens que mostram desde balões até mesmo prismas de reflexo em nuvens.
    Queria ver explicar relatos não de filmes ou de fotos que de fato são pra lá de ridículos e sim da parte psíquica de quem se diz abduzido ou que tenha passado por algum tipo de experiência.
    Diagnosticar apenas como distúrbio, pertubações ou mesmo loucuras é fácil assim como foi fácil levantar dúvidas sobre os filmes da NASA da APOLO 11, pois a KODAK afirmou não haver na época tecnologia nem para filme, nem para papel nem para lente enfim afirmou não ter como criar uma maquina para filmar no espaço.
    Isso é uma briga de cachorro grande que bate na parede e volta.
    Hillary Clinton, garantiu que abrirá o máximo que puder sobre os arquivos guardados principalmente da Área 51.
    Eu mesmo quando entrei para ajudar meu irmão a abrir a INTERCOMP e após ele ter fechado acordo com o Ministério do Exército no Palácio Duque de Caxias para prestar manutenção, cansamos de adentrar em reuniões onde o tema não era a defesa nacional e sim UFO/OVNI e coisas do gênero, logo onde tem fumaça tem fogo, basta saber se é de festa ou não.
    Não existe de fato nenhuma evidência conhecidamente pública sobre material mas há evidências mil em pessoas. Algumas somem para sempre, outras se calam para não serem ridicularizadas, outras ainda criam grupos de estudos para tentar decifrar, e outras apenas observam o desenrolar.
    Concordo ainda que falar sobre alienígenas causa uma certa estranheza já que viemos até entre nós mesmos como se o vizinho fosse uma alienígena, aliás até mesmo os americanos do norte chamam os estrangeiros de ALIENS uma declaração de xenofobia horrível, que inclusive foi base de campanha do Obama e está sendo de Hillary.
    Muito boa a matéria e tira mesmo um pouco dessa mania de ver sacos voando e dizer que avistaram algo, também não tenho saco para ouvir estas coisas, mas achava que se deveriam focar em estudos mais profundos de fenômenos que acabam sendo indicados como e analise psíquica de quem afirma ter visto ou ocorrido.
    Enquanto isso não for feito de forma aberta e não fechada como foi pelo FBI e CIA nos EUA e por outros órgãos em outros países, a tendencia é aumentar os avistamentos com os novos Drones que já voam por nossas cabeças. Abração! 😉

    1. Sensacional, como sempre! Bem lembrado sobre os drones, acredito que com sua evolução eles realmente ficarão muito parecidos com OVNIs. E outra coisa é explicar algo que os abduzidos sentiram na pele, pelos poucos relatos que conhecemos, ou pelo medo que você menciona, ou por não saber explicar, não se compara aos objetos voadores não identificado testemunhados por aqueles que creem firmemente que existe algo além de nós, mas só tem a esperança, não a experiencia. A matéria de uma maneira serve para isso, elucidar avistamentos suspeitos, passando longe das experiências dos abduzidos. Eu adorei traduzir ela pra você comentá-la, por isso te perguntei o que achava do título. Muito obrigado meu caro colega por fazer parte de @suprimatec

Obrigado por ler, deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar

%d blogueiros gostam disto: