trabalhando com windows 10Tecnologia 

As vendas de computadores continuam caindo

trabalhando com windows 10
Um homem trabalha em um laptop perto de uma exibição do Windows 10 em um prédio da Microsoft em San Francisco, Califórnia, em abril passado.
foto: Robert Galbraith / Reuters

As remessas de computadores em todo o mundo tiveram sua queda mais acentuada em quase dois anos no segundo trimestre de 2015, causando dano continuo a varejistas e fabricantes de computadores, chips e software para PC.

Os embarques caíram 9,5 por cento, no mesmo período do ano passado, para 68,4 milhões de unidades, de acordo com a empresa de pesquisa Gartner. A rival IDC, em sua pesquisa, não incluiu tablets na sua contagem, acompanhou uma queda de 11,8 por cento, no mesmo período do ano passado, para 66,1 milhões de embarques no trimestre. Ambas as empresas liberaram seus relatórios de vendas de PCs na quarta-feira.

A Lenovo permaneceu topo das fabricantes de PCs do mundo, com 20,3% de participação, seguida pela HP (18,5%) e Dell (14,55), de acordo com a IDC. O mercado de PCs parecia estar se consolidando, no entanto, como as três principais fornecedoras ganharam mais participação por causa do preço alto que as fabricantes de PCs menores estão praticando.

Os consumidores começaram a substituir os PCs por tablets em 2012, quando os embarques caíram 2,6 por cento, segundo o Gartner. O mercado caiu, no ano seguinte, caindo de 11,1 por cento, e continuaram a cair em 2014 – para a baixo 0,8 por cento. A empresa de pesquisas espera alguma mudança nos números no final deste mês, quando a Microsoft planeja lançar seu sistema operacional Windows 10. Mas 2015 continuará a ser um ano em que os fabricantes de computadores pessoais prefeririam esquecer.

“Este ano, esperamos que o mercado seja menor em cerca de 4 por cento comparando com 2014”, disse Mikako Kitagawa, analista da Gartner.

O mercado de PCs está abaixo das expectativas, já diminuídas, da indústria ao saber que os consumidores efetuam o login no Facebook e no YouTube através de tablets e smartphones, e as empresas economizam dinheiro ao diminuir o seu ciclo de atualização dos computadores.

No início desta semana, as ações da fabricante de chips Advanced Micro Devices despencaram 13 por cento depois que a empresa culpou a vendas de PCs lentos por uma queda de receita de forma inesperada. A AMD esperavaa um declínio de 3 por cento no período encerrado em junho. Em vez disso, a receita caiu 8 por cento.

“Desde a recessão em 2008, houve um alongamento do ciclo de vida do PC”, disse Dean McCarron, uma analista de microprocessador da Mercury Research. McCarron espera que o lançamento do Windows 10 melhore as coisas, mas não muito.

“Nós podemos ver um impacto pequeno a partir do lançamento do Windows 10”, disse ele. “Mas o tipo de onda que temos historicamente visto com uma nova versão do Windows, não empolga muito.”

A Dell continua a fazer ganhos no mercado de PCs, disse a empresa em um comunicado.”PCs e soluções de mobilidade são importantes para que os consumidores, profissionais, CIOs e profissionais de TI em todo o mundo, tornando-os extremamente importante para a Dell”, disse a empresa.

Fonte:digits_logo

Publicações relacionadas

2 Thoughts to “As vendas de computadores continuam caindo”

  1. Muito boa a matéria!
    É uma nova realidade, a mobilidade vem ganhando espaço e os desktops perdendo mercado.
    Abs!

    1. As pessoas estão cada vez se atarefando mais e mais, não há mais tempo para sentar na frente do computador, e a mobilidade é uma ótima solução para quem quer dinamizar ainda mais seu trabalho!! Obrigado pela participação

Obrigado por ler, deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar

%d blogueiros gostam disto: