Garota robô Amor e sexo com robôsTecnologia 

Amor e sexo com robôs estimula reações poderosas

Amor e sexo com robôs
Imagem: iStockphoto.com/Mikhail Tolstoy

Já vimos muito sobre a introdução de robôs e inteligência artificial no mercado de trabalho. Mas enquanto muitos desse assuntos envolve onde e como os robôs irão substituir os humanos nos escritórios, no campo de batalha, no ar ou no fundo do oceano, a nova promessa de vida artificial no que se refere a cuidados ou sentimentos requer novas conversas sobre as dimensões éticas da vida em como as máquinas podem “sentir”.

Robôs humanoides estão sendo introduzidos em casas de repouso, e como terapeutas, por exemplo. A nova boneca Hello Barbie será a amiga para as crianças mantendo uma conversação com os meninos e as meninas. Os robôs estão até se casando no Japão, veja o vídeo abaixo:

A conversa ética em como integrar os robôs no mundo humano está apenas começando. Um exemplo perfeito da reação contra as máquinas parecidas com humanos aconteceu recentemente quando Adrian David Cheok e David Levy foram forçados a cancelar seu segundo congresso anual sobre amor e sexo com robôs, marcado para acontecer na Malásia no próximo mês.

A conferência acadêmica  foi concebida como um lugar para explorar grandes dúvidas sobre os aspectos práticos e a ética em torno do campo de robôs humanoides, como robôs com emoções, teledildonics e muito mais.

  • O que é teledildonics? Ato sexual praticado por pessoas solitárias, com a ajuda da Realidade virtual, computadores e telecomunicações.

O inspetor geral da polícia, Khalid Abu Bakar, infelizmente, viu o tópico de uma perspectiva mais literal, considerando amor e sexo entre humanos e robôs “ilegal” em uma conferência de imprensa, de acordo com o Free Malaysia Today. O site do congresso sobre amor e sexo com robôs foi atualizado devido a notícia: “Devido as circunstâncias além do nosso controle, o segundo congresso anual sobre amor e sexo com robôs será adiado para 2016. A conferência certamente não vai ser realizada em qualquer lugar na Malásia. Nós pedimos profundas desculpas a qualquer pessoa ou qualquer autoridade que se sentiram ofendidas de qualquer forma.”

A ideia para a conferência nasceu quando Cheok e Levy, dois acadêmicos interessados em robótica, se conheceram a alguns anos atrás e perceberam que tinha objetivos em comum. Levy, autor de Love and Sex with Robots: The Evolution of Human-Robot Relationships, focado no cérebro, o software, e os algoritmos de robôs humanoides.

Cheok pesquisou o hardware na visão da engenharia, observando interfaces múltiplas incluindo a comunicação pelo toque, gosto e cheiro. Estas áreas de estudo, disse Cheok, será importante para os robôs nos dias que estão por vir. “Muito das tecnologias que estão incubadas no meu laboratório serão integradas com robôs no futuro,especialmente nos modelos humanoides. Estou desenvolvendo o hardware que poderá ser usado em robôs que se tornarão nossos amigos, amantes e até parceiros sexuais.”

Cheok e Levy começaram a trabalhar juntos. A alguns anos, eles mantinham um pequeno workshop sobre amor e sexo com robôs em Londres como parte do encontro anual da sociedade de estudo da inteligência artificial e simulação de comportamento. É a sociedade de IA mais antiga do mundo. “Nós ficamos surpresos com a quantidade de pessoas interessadas,” disse Cheok. “Vieram pessoas do Japão, Europa, Estados Unidos, eles estavam interessados na tecnologia, na ética e mais.”

A feira que introduziu o amor e sexo com robôs

Então os parceiros Cheok e Levy decidiram fazer a primeira conferência em Madeira, Portugal. Eles estavam profundamente interessados na conferência de avanços na tecnologia de entretenimento computacional (ACE 2014), então eles locaram um espaço na conferência para a sua primeira palestra sobre amor e sexo com robôs. Ela atraiu mais de 40 participantes que presenciaram um estudo acadêmico sobre estas questões com robôs humanoides.

Este ano a ACE 2015 está marcado para acontecer em algum lugar em Iskandar na Malásia em novembro, então Cheok e Levy decidiram realizar LSR lá também.

“Tudo começou com uma boa intenção,” disse Cheok. “Nós pensamos que este congresso, mostrará que a Malásia avançou em termos de atividade científica e robótica”. Mas um dos patrocinadores da ACE, foi o conselheiro do governo da Malásia de conferências. Quando eles “inocentemente colocaram o logotipo do governo da Malásia no cartaz da LSR,” o Malay Mail percebeu e mostrou o ministro do turismo.

“Ele se descontrolou”, disse Cheok. “Um monte de pessoas leram o título sem olhar para o conteúdo real do site e perceber que era puramente acadêmico. Eu acho que eles pensaram que as pessoas estariam fazendo sexo com robôs lá, ou algo estranho assim.”

Mas, Cheok salientou, o congresso não está dizendo que a LSR é uma coisa boa ou uma coisa ruim. “A questão toda é para apresentar as últimas pesquisas e discutir a ética e filosofia disto no futuro.” Infelizmente, ele ofendeu muita gente. E no sábado, 10 de outubro, a polícia veio dizer que era ilegal. “Nós tentamos esclarecer o assunto com a polícia local e, basicamente, percebemos que não poderíamos apresenta-la”, disse Cheok. “Nenhum de nós é advogado. Somos um grupo de cientistas e acadêmicos.”

Cheok apenas começou a enviar e-mails para os participantes inscritos para alertá-los da notícia.

“Quando em Roma, faça como os romanos fizeram”, disse Cheok. “Então, agora na Malásia, um país muçulmano muito tradicional, nos ofendemos as pessoas, e temos que respeitar as suas opiniões”. A conferência, disse ele, provavelmente será realizada em Londres no próximo ano.

O caso da conferência cancelada é apenas o início do tipo de obstáculos que intelectuais e pesquisadores podem encontrar. Estudos acadêmicos da robótica humanoide, é onde a linha entre a fantasia e a realidade fica embaçada. O amor e sexo com vida artificial pode ser um exemplo extremo. É um estimulo a reações poderosas, e um prenúncio para conversas éticas maiores que terão de acontecer.

♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦

Tradução livre feita por Suprimatec do artigo elaborado por Hope Reese para o Tech Republic, para ver o artigo original em inglês clique no link que segue: Academic conference on ‘Love and Sex with Robots’ abruptly cancelled after being declared illegal

Facebook Comments
Compartilhe!

Publicações relacionadas

4 Thoughts to “Amor e sexo com robôs estimula reações poderosas”

  1. […] estão prontos para ultrapassar os computadores no mundo real com a Internet das Coisas, robôs, drones, carros sem motoristas. Imagine um mundo superconectado de amanhã se tornando um caos. Que […]

  2. […] financeiros. Robôs estão assumindo empregos, assumindo a tarefa de assassinato do estado, e se tornando parceiros sexuais. Os telefones inteligentes acompanham todos os nossos movimentos e registram as nossas conversas. […]

Obrigado por ler, deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar

%d blogueiros gostam disto: