Teorias da Conspiração 

A industria do entretenimento: 9 sinais que você é uma ferramenta

Estamos num momento crítico da história, à beira da autodestruição, sob o feitiço de mentiras, ilusões e falsas realidades.

Uma pesquisa com os atores no palco revela uma verdade chocante. Muitos dos futuros fabricantes de mudanças podem estar ausentes, marginalizados e simplesmente não presentes quando mais precisaremos deles.

Em vez disso, muitos de nós estão totalmente absorvidos em estilos de vida baseados no entretenimento. Substituindo a vida por jogos, fantasias e arenas falsas ao invés da realização real da vida.

Onde estão todos os jovens guerreiros e radicais lá de fora? Não mais defenderão o abuso, a opressão, a vigilância, a tirania e a escravidão da dívida que foi transmitida pelas gerações mais velhas?

Jovens levando torta na cara a festa da estupidez

E por que muitos jovens parecem não se preocupar com os eventos mundiais, a qualidade do governo ou o futuro da nossa sociedade e cultura?

Realmente não é por acaso que tantos estão demasiado pré-ocupados para “ocupar”, pois, afinal, vivemos na matrix. Uma espécie de gaiola de hamster glorificada para a raça humana. Onde os interesses de controle projetam nossas vidas nos atrapalhando com opções pré-definidas. Isso interrompe as estratégias de saída para aqueles que preferem sair dessa prisão. Há 50 por cento de chances de estarmos vivendo na Matrix

Trabalhar, consumir, obedecer … e se divertir! Essa é a missão da nossa vida, então assim somos informados.

O estilo de vida é um grande atrativo da matrix. Enquanto o componente financeiro desta prisão nos mantém excitados 40 horas por semana a troco do dinheiro. O complexo industrial de entretenimento que reivindica com sucesso a propriedade do resto do nosso tempo e energia.O controle da Matrix evolui rapidamente, veja 5 sinais

O entretenimento é um grande negócio quando se trata de distração e prioridades mal colocadas. Enorme. Rouba tempo, energia, dinheiro e valores, mantendo-nos muito ocupados e desinformados demais para desafiar os arquitetos de elite de nosso Brave New World.

Ela quer que você organize sua vida em torno de suas ofertas de circos e bolos, com o objetivo de acabar com seus instintos de sobrevivência e seu impulso natural para conquista, realização e aventura.

Ela quer que muitos de nós possamos permanecer complacentes e conformes, para não sermos mais trabalhadores sem impulso, razão ou tempo para se revoltar, e nenhum interesse em busca da mente e do espírito.

Com tanta pressão distraída para se conformar, será possível que você já tenha se tornado uma ferramenta para o complexo industrial de entretenimento?

Você está ignorando as grandes questões da vida, permanecendo neutro e apático com os grandes desafios que todos enfrentamos? Aqui estão alguns sinais que confirmam isso.

1.) Você já confundiu os esportes com uma guerra real. O impulso masculino humano natural para a conquista e a pilhagem foi cooptado pelos esportes de equipe televisionada, e as pessoas levam isso tão a sério que os tumultos esportivos são uma forma crescente de agitação civil.

2.) Seu discurso é amplamente composto de citações de filmes e televisão, portanto, você só pode se comunicar com outras pessoas que compartilham sua devoção ao estar sentado com uma cerveja na mão em sua programação.

Sentado na frente de uma tela grande, observando a vida passar. Você quer ser como o que vê, toda vez que você fecha os olhos. – Ziggy Marley

3.) Em vez de construir uma vida real e interessante, você investe muito do seu tempo em jogos de vídeo game, criando avatares de você para se co-virar digitalmente com outros avatares, suplantando a experiência real com a fantasia digitalizada.

Os videojogos tornaram-se o mercado negro de conquistas masculinas. – Stefan Molyneaux

4.) Você se tornou uma máquina de festas, colocando o melhor estoque em sua capacidade de ficar bêbado e drogado. Nada é mais importante para você do que dançar com seus amigos, delirando e enchendo você com bebidas, drogas e músicas.

Se alguém fala sobre o mundo, você o ignora chamando-o de “louco”, pois não há nada mais importante do que estar iluminado e se divertir.

5.) Você não encontra nada incomum ou desconfortável com o fato de preferir se esconder em sua masmorra pornô, se agradando com a vasta coleção de pornografia da internet do que você faria na busca de relações físicas reais.

6.) Você está disposto a financiar seu estilo de vida de entretenimento, alegremente apoiado em cartões de crédito para manter os bons tempos fluindo. Seja o que for preciso.

7.) Você está irremediavelmente engatado em smartfones e aplicativos, sempre se comportando com “pescoço de texto”(abeça abaixada), vivendo em um ponto cego permanente, nunca percebendo seu entorno, perseguindo Pokémons ou o que quer que seja.

8.) Você está um pouco preocupado com os acontecimentos nas vidas das celebridades, adorando suas aparências personalizadas e imagens publicadas, como se você também pudesse participar algum dia em seus estilos de vida luxuosos e mimosados.

Você não pode identificar figuras históricas importantes, mas você conhece todas as estrelas-pop e suas músicas atuais.

9.) Você encontra-se usando o entretenimento como uma técnica de enfrentamento para suportar um trabalho odiado que você se propõe e uma vida que você não suporta. O entretenimento é um mecanismo de sobrevivência que preenche um vazio na sua vida.

Pensamentos finais

Ser uma ferramenta para o complexo industrial de entretenimento significa que você é um não-combatente na guerra pela consciência e não é uma ameaça aos poderes dela.

Essas ferramentas estão em todos os lugares hoje em dia, envolvidas em realizar truques e obter suas recompensas.

Se alguma coisa se aplica a você, então está perdendo a grande aventura de sua vida, e está muito atrás da curva na revolução da consciência humana.

O mundo que nos rodeia grita para a atenção de pessoas corajosas e de grande coração. Você está pronto para entrar neste jogo?

Escrito por Sigmund Fraud

Fonte: HumansFree

Facebook Comments
Compartilhe!

Publicações relacionadas

Obrigado por ler, deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar

%d blogueiros gostam disto: