Curiosidades Tecnologia 

4 segredos horríveis que ninguém conta sobre o Windows 10 parte 2

Para ver a primeira parte clique aqui.

#2. Ele desinstala programas (incluindo antivírus) sem a autorização

windows 10 menu iniciar

A computação pessoal tem visto a sua quota de riscos de segurança desde o primeiro dia em que um “espertinho” sentou-se em sua mesa e disse: “Eu acho que vou começar a programar e distribuir vírus porque o mal é um excelente matador tédio.” Desde então, todas as grandes empresas de tecnologia tornaram-se sua cera de abelha para cobrir as suas próprias falhas de segurança. Quase todas as atualizações diárias que vem para o seu computador inclui algum tipo de mecanismo de segurança destinado a protegê-la. A mesma coisa aconteceu em novembro, quando a Microsoft lançou a atualização Threshold 2 para o Windows 10.

Esse update deu aos usuários um monte de novas funcionalidades de boas-vindas que fizeram o Windows 10 trabalhar muito melhor. Os usuários excitados correram para suas máquinas após a atualização como crianças no Natal, esperando ver que maravilhas tecnológicas foram trazidas por São Microsoft. Pena que muitos usuários estavam distraídos demais para dedicar atenção a estas novos milagres digitais, eles estavam ocupados tentando descobrir quem diabos deu permissão a Microsoft para desinstalar seus programas. Isso não é um exagero, um monte de programas, com diferentes graus de importância, foram diretamente desinstalados sem qualquer aviso ou autorização.

Aparentemente a atualização estava desinstalando programas que demandavam um risco de segurança. Software antivírus e de análise do computador foram examinados pela Microsoft e removidos, o que já era ruim o suficiente. Mas, em seguida, foram eliminados alguns programas inocentes como o Adobe Reader e a Suíte Adobe CS, assim como coisas super importantes, como software do centro de controle da placa de vídeo e a configuração RAID do PC, que é um software vital que mantém alguns discos rígidos funcionando. A remoção de um leitor de PDF é uma coisa, mas se a sua atualização está tirando a capacidade de um programa em executar o seu próprio software e hardware, isso não é uma atualização; é um vírus.

Se você foi afetado pela atualização em novembro passado, o conselho oficial da Microsoft foi o de usar as suas ferramentas embutidas. Essa é uma tática usada normalmente quando os usuários da Microsoft instalam um vírus e depois precisam voltar um passo atrás. Mas nessas alturas, a agitação associada a atualização desastrosa Threshold 2 parece ter morrido desde novembro. Mas fique esperto porque uma nova grande atualização pode estar bem ali no virar da esquina.

Com todos esses problemas, os usuários que não mergulharam de cabeça no Windows 10 podem manter seu melhor interesse em ficar longe dele por completo. Isso é provavelmente uma aposta segura e seria realmente a grande solução, ou a única…

#1. Eles estão praticamente empurrando ele em você

windows 10 downloading

O Windows 10 deu a Microsoft o sistema operacional de crescimento mais rápido de todos, com mais de 200 milhões de dispositivos rodando ele. Isso é um monte de pessoas que viveram a besteira mencionada até agora neste artigo e ainda assim decidiram lutar com o Windows 10. Mas você tem que considerar que este sistema operacional abrange muito terreno. Você pode encontrá-lo em PCs, smartphones, tablets, o seu Xbox, você ainda vai se conectar nele antes de perceber.

E você não tem sequer que comprar o upgrade, porque eles estão doando-o se você já tem o Windows instalado. Na verdade, deixe-me reformular isso: Em muitos casos, eles não estão dando-lhe uma escolha. Novamente, eu não estou exagerando aqui. A Microsoft realmente forçou a atualização em um monte de gente, enganando-as para aderir a ele.

Para tornar o processo de atualização simples, o Windows Update nas máquinas com Windows 7 e 8 incluiu a atualização opcional para baixar e instalar o Windows 10 no computador. Em seguida, uma atualização de Outubro foi efetuada e marcou a opção desativada por padrão, instalando o Windows 10 para o público desavisado. Isso é muito confuso, mas não confuso o suficiente para que a Microsoft realmente dê a mínima. Em sua atualização de fevereiro de 2016, a Microsoft entrou e mudou o Windows 10 de uma atualização opcional para um upgrade obrigatório, removendo qualquer vestígio do controle que você pensou que tinha sobre seu computador. O computador e o sistema operacional que você pagou e agora possui.

Mesmo se você ainda não foi forçado pela Microsoft em assimilar o sistema operacional, as probabilidades são de que eles ainda estão te incomodando sobre isso com um pop-up que aparece 227 vezes por dia.

Windows 10 pop up
Você pode clicar e fechar várias vezes por dia e ela volta até quando?

Aquele pequeno pop-up é o seu lembrete diário de que o Windows 10 é inevitável e você não pode escapar de seu alcance por muito mais tempo. Claro, você pode desativar o ícone, mas as instruções para fazer isso, é como ler um manual de foguete. Imagine como seria explicar a sua mãe como ela iria fazer para se livrar desse ícone.

Artigo traduzido e adaptado de Cracked.com texto de Erik Germ.

Para ver a primeira parte clique aqui.

Publicações relacionadas

One Thought to “4 segredos horríveis que ninguém conta sobre o Windows 10 parte 2”

Obrigado por ler, deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar

%d blogueiros gostam disto: