10 dicas para ajudar novos líderes de TI chegarem com sucesso

Ser um novo líder em tecnologia tem alguns desafios específicos. Essas dicas podem ajudá-lo a sair com o pé na frente para tornar essa transição bem sucedida.

A liderança de TI requer a capacidade de trabalhar com uma ampla gama de pessoas de diferentes origens, identificar as necessidades da empresa e a melhor maneira de implementá-las e garantir que as funções e responsabilidades da equipe sejam identificadas e atribuídas adequadamente. Gerenciar pessoas pode ser tão complicado como gerenciar ambientes tecnológicos e se atualizar em uma nova situação pode ser irresistível.

Eu tive mais de uma dúzia de chefes no curso da minha carreira e a maioria deles chegou depois de mim, então eu tive algumas ideias em primeira mão sobre seus sucessos e deficiências. Se você é promovido a um papel de liderança em uma empresa existente ou você está iniciando um novo trabalho de liderança em uma nova organização, essas 10 dicas podem ajudá-lo a aproveitar ao máximo a experiência diretamente do portão inicial.

1. Conheça sua equipe

Antes de mais nada, você precisa conhecer e se familiarizar com as pessoas que trabalharão para você. Compartilhe seus antecedentes, como, por exemplo, onde você trabalhou anteriormente (se em outro lugar), a última posição que ocupou, as áreas de TI que você conhece e alguns projetos em que você trabalhou.

Discuta as suas metas e prioridades de carreira tanto do ponto de vista geral como das que se relacionam com o seu novo papel. Isso irá ajudá-los a entender quem você é e o tipo de líder que eles podem esperar que você seja. Mas tenha cuidado para não falar muito sobre você, já que você não quer se encontrar tão absorvido.

Certifique-se de não fazer promessas gerais, já que você precisa de tempo para descobrir que tipo de recursos estão disponíveis para você sob a forma de orçamentos, oportunidades de treinamento, etc.

Por outro lado, converse com sua equipe sobre seus antecedentes e papéis na empresa e descubra o que os faz marcar.

  • Quais são os seus interesses e objetivos?
  • O que eles gostam sobre o departamento e a empresa, e do que eles querem fazer mais?
  • O que eles estão fazendo agora?
  • O que eles deveriam fazer em vez disso?
  • Eles têm alguma preocupação ou ideias de melhoria?
  • Onde estão os seus pontos fortes?

Também pode ser útil ler as revisões antigas de desempenho de seus novos relatórios e dar uma olhada no trabalho que realizaram. Obtenha o feedback do seu chefe sobre sua equipe também (se aplicável) para obter uma perspectiva de terceiros.

Desenvolva um a um para se encontrar com cada um de seus membros da equipe de forma individual para manter as linhas de comunicação abertas; por exemplo, a cada duas a três semanas. Estes um a um lhes permitirão compartilhar suas opiniões sobre sua carga de trabalho e iniciativas, bem como direção departamental/empresa e para você fornecer orientação pessoal.

2. Conheça o ambiente

conhecer o ambiente faz parte das 10 dicas para ajudar novos líderes de TI

Se você é responsável por um grupo que mantém sistemas, realize um passo a passo no centro de dados, identifique os sistemas de sua equipe e suas respectivas funções e familiarize-se com os processos operacionais por trás deles.

Leia todas as documentações e políticas disponíveis e converse com a equipe apropriada para saber onde todas as peças do quebra-cabeça se encaixam. Existem dependências em outros grupos? Em caso afirmativo, quem é o dono do que e como as coisas são feitas?

Se você é responsável por uma equipe de desenvolvimento, descubra quais plataformas, aplicativos e processos são usados para escrever e reformar o código e os detalhes associados, tais como horários de lançamento, prazos e técnicas de revisão de código.

Em suma, descubra como as coisas funcionam e o que acontece quando não. Esta é uma oportunidade para identificar quaisquer fraquezas ou áreas de melhoria (documentação faltante, cargas de trabalho injustas, serviços de má qualidade, etc.) que você pode construir em sua estratégia.

3. Conheça os outros gerentes e chefes de departamento

Conheça os outros líderes da organização com quem você irá interagir no escopo das tarefas do seu trabalho. Identifique as principais áreas de usuários que são mais dependentes do seu grupo e os recursos ou serviços que você fornece. Descubra como eles usam TI, quais são suas expectativas, objetivos e estratégias e o que eles valorizam como prioridades.

Exemplos incluem departamentos relacionados ao seu (engenharia de sistemas, operações de sistema, desenvolvimento, rede, segurança, etc.), bem como gerenciamento superior, RH, finanças / Contabilidade, compras e legal.

Para não soar muito como um personagem do Game of Thrones, mas esta etapa pode ser importante no estabelecimento de aliados, identificando adversários potenciais (um gerente de desenvolvimento excessivamente necessitado que acha que seus objetivos devem ser a prioridade número um de sua equipe) e, de outra forma, Podem encontrar-se pontos fortes e fracos da empresa, para ajudar a traçar o território.

4. Conheça seus clientes

A maioria dos líderes de TI tem um conjunto de clientes a quem eles apoiam; usuários internos, usuários externos, funcionários da empresa ou o público. Identifique quem são seus clientes e quais são suas necessidades em termos de prioridade.

Isso pode envolver algo como o tempo de atividade do sistema, aplicativos funcionais, desempenho rápido, versões de código de qualidade previsíveis ou o efeito de quaisquer produtos ou serviços que você está fornecendo. Se possível, identifique seus níveis atuais de satisfação e as áreas que precisam de trabalho, tanto de forma imediata quanto como parte de uma estratégia de longo prazo.

5. Conheça os compradores e fornecedores

Identifique os contatos externos com os quais você estará trabalhando; os fornecedores e fornecedores que fornecem equipamentos, serviços e suporte. Revise os contratos atuais, quando expirarão e avaliarão a criticidade de cada relacionamento.

É importante não fazer alterações nesta etapa; apenas colete os dados para identificar quem você precisa para construir relacionamentos, então entre em contato com eles, explique seu papel e compreenda como eles podem ajudar sua organização, ou se uma mudança pode estar em ordem na estrada, uma vez que você tenha obteve mais informações sobre o grande quadro.

6. Identificar orçamentos e recursos

identificar os recursos é uma das 10 dicas para ajudar novos líderes de TI

Fale com os departamentos de finanças/contabilidade e seu chefe para analisar os orçamentos que você tem para seu papel; hardware, software, serviços, suporte, pessoal, bônus; tudo o que você precisa para manter seu departamento em execução.

Não deixe de lado as coisas que envolvem a obtenção de incentivos ou a melhoria da moral, como um fundo de liquidação para almoços de equipe (algumas empresas marcam os aniversários dos funcionários ou os marcos do projeto dessa maneira) e buscam áreas problemáticas que possam precisar de melhorias. Uma área está sobrecarregada e aproveita dólares de outra área que precisa ser reforçada?

Veja também quais recursos estão disponíveis, como cartões de compras da empresa, oportunidades de treinamento, equipamentos sobressalentes e outros. Mesmo deve ser notado algo tão simples quanto o espaço de armazenamento disponível para manter os servidores até estarem prontos para a implantação.

7. Se aplicável, determine como seu antecessor deixou a área

As possibilidades são bastante elevadas, o seu novo papel não envolverá simplesmente começar com um novo conjunto de projetos e metas que você criou. Em vez disso, você achará que é importante descobrir onde seu antecessor colocou o marcador no livro de suas atividades e compromissos em curso antes de partir.

Veja quais projetos permanecem abertos e o que os compromissos e as datas de entrega implicam. Examine o que estava previsto no horizonte para o próximo trimestre ou no próximo ano, seja lançando novos sistemas ou serviços, contratando novos funcionários ou obtenção de treinamento em um novo campo.

Não é inteiramente incumbente que você honre os compromissos assumidos pelo seu antecessor, uma vez que, claro, eles foram feitos por um indivíduo separado, mas recomendo fazê-lo se os compromissos fossem sólidos. Se ele ou ela prometeu uma saída da empresa, mas o orçamento não permitirá, está certo dizer não, mas se um empregado estava esperando um bônus por um trabalho de qualidade e os fundos disponíveis, eu recomendo que você continue com isso.

8. Determine como alavancar as habilidades de sua equipe e preencher as fraquezas

10 dicas para ajudar novos líderes de TI quando seu relacionamento estiver firme

Uma vez que você desenvolveu relacionamentos com seus funcionários, departamentos, gerentes e fornecedores e descobriu os detalhes concretos de seus orçamentos e prioridades ou empreendimentos em curso, você pode avaliar completamente sua equipe para ver como e onde eles se encaixam.

  • Identifique até onde suas habilidades chegam e quais áreas precisam de melhorias, para que você determine um fator em sua estratégia.
  • Um administrador Linux precisa de mais experiência do Windows para ajudar a suportar a equipe?
  • A rotação on-call precisa se expandir e mais pessoas precisam ser encaminhadas para suportar compromissos após horas?
  • O cara que é um especialista em gerenciamento de configuração é capaz de fornecer mais documentação ou treinamento para que mais pessoas possam intensificar e assumir suas responsabilidades, ou reduzir seu risco de déficit de conhecimento se ele renunciar?
  • Uma pessoa em particular tem um bom relacionamento com o chefe de outro departamento? Talvez eles possam ser o emissário para trabalhar com esse chefe de departamento para que os dois grupos colaborem mais efetivamente.

9. Planeje sua estratégia

Aqui é onde os planos figurativos são realmente elaborados, e a estratégia futura do seu grupo é mapeada. Projetos, objetivos, iniciativas e procedimentos vão em um quadro figurativo ou literal e o trabalho é compartilhado dependendo do conjunto de habilidades e disponibilidade. Certifique-se de ter em conta as políticas da empresa, bem como as normas de conformidade e regulamentação.

Você provavelmente continuará as coisas em grande parte como estão no início, embora talvez com alguns ajustes. Identifique essas mudanças iniciais e comunique a direção de seus funcionários, chefes de departamento, clientes e vendedores/fornecedores (dependendo do nível de mudança).

Não introduza demasiada mudança imediatamente, pelo menos não é o tipo difícil que envolve uma curva de aprendizado ou uma mudança de funções. Alterar as políticas para interromper as queixas da equipe ou estressores (visitas motorizadas sem bilheteria de ajuda, interrupções no almoço, telefonemas da noite para funcionários aleatórios de TI, etc.) serão os primeiros elementos de mudança de boas-vindas.

Trabalhar nos outros aspectos de mudança na estrada dependendo do seu nível de complexidade; trocando vendedores, por exemplo, ou movendo tarefas de equipe específicas para outro grupo.

10. Solicite feedback e ajustar o seu andamento conforme necessário

Obtenha informações de sua equipe, colegas e clientes para traçar seu progresso e ver como seus objetivos e objetivos estão sendo cumpridos em conjunto com os próprios. O feedback pode ser direto ou anônimo, como na forma de pesquisas on-line. Faça os ajustes necessários para atualizar sua direção departamental, seja sob a forma de mudança de prioridades, contratação de pessoal adicional ou investimento em tecnologia adicional.

Tenha em mente que nem todos os comentários devem se traduzir em itens de ação. Média das respostas. Por exemplo, se 90% dos clientes estiverem felizes, olhe os 10% que não são e determine se suas demandas são razoáveis ​​(por exemplo, eles querem serviço imediato de help desk quando há uma fila de nove pessoas na frente deles ou tentando contornar o sistema de emissão de bilhetes). Nestes casos, uma melhor comunicação e políticas mais abrangentes podem ser uma boa solução para o problema para ajudar a reforçar expectativas realistas.

Por Scott Matteson do techrepublic.com. Veja publicação original aqui.

Obrigado por ler, deixe seus comentários e não esqueça de compartilhar

%d blogueiros gostam disto: